No encon­tro treze da ofic­ina “Aproveitar para não des­perdiçar”, real­izado no dia 11/06, foram elab­o­ra­dos: man­dio­queijo e refresco de inhame. O obje­tivo desse encon­tro foi ensi­nar uma alter­na­tiva mais barata e nutri­tiva para sub­sti­tuir o tradi­cional pão de queijo, tão ado­rado pelos mineiros. Os alunos ado­raram essa receita e muitos falaram que irão fazer em suas casas ou locais de trabalho.

O refresco de inhame foi preparado com o intu­ito de ensi­nar um pouco sobre o valor nutri­cional desse ali­mento. O inhame é um tubér­culo impor­tante, con­sid­er­ado hoje como um ali­mento fun­cional, por apre­sen­tar um fito hor­mônio, que aux­ilia no con­t­role hor­monal das mul­heres na menopausa, além disso, atua dimin­uindo a absorção de coles­terol e aumen­tando a sua excreção. Discutiu-se que o inhame for­t­alece o sis­tema imunológico e mel­hora a pro­dução de célu­las do sangue, foi exem­pli­fi­cado que por isso, as pes­soas que estão com Dengue, devem ser incen­ti­vadas a tomar suco de inhame.

Alunos da ofic­ina degu­s­tando as receitas preparadas.

–Receita de Mandioqueijo                                                                                   

Man­dio­queijo e refresco de inhame.

Ingre­di­entes:

2 xícaras (chá) de Man­dioca crua;

1 Gema de ovo;

4 Col­heres (sopa) de far­inha de trigo;

2 Col­heres (sopa) de margarina;

Sal a gosto

Para empa­nar:

1 Clara de ovo;

70g Queijo ralado;

Modo de preparo:

Coz­inhe a man­dioca até des­man­char. Amasse com um garfo e acres­cente a gema, a mar­ga­rina e a far­inha de trigo. Ver­i­fique o sal. Com as mãos umede­ci­das, faça bolin­has, empane na clara de ovo e no queijo. Leve ao forno para assar em forma untada por 20 minutos.

Dica: Sub­sti­tui o pão de queijo com um custo mais baixo.

(ALIMENTE-SE BEM 300 receitas econômi­cas e nutri­ti­vas. SESI. 2006, p.172).

–Receita de Refresco de Inhame

Ingre­di­entes

2 e ½ xícaras (chá) de água;

½ xícara (chá) de erva cidreira;

1 e ½ xícara (chá) de inhame;

½ xícara (chá) de açúcar;

2 colheres(sopa) de aveia;

½ limão

Modo de preparo

Faça um chá com a erva. Coe e deixe esfriar. Coz­inhe o inhame até ficar macio. Bata no liq­uid­i­fi­cador o chá com o inhame cozido e acres­cente o açú­car, a aveia e o suco de limão. Se dese­jar, acres­cente mais açú­car. Sirva gelado.

Dica: O inhame cru, descas­cado é branco. Mas após o coz­i­mento fica lev­e­mente acinzentado.

(ALIMENTE-SE BEM 300 receitas econômi­cas e nutri­ti­vas. SESI. 2006, p.46).

 

No encon­tro doze da ofic­ina “Aproveitar para não des­perdiçar”, real­izado no dia 28/05,  foram elab­o­ra­dos: crepe de banana e chá de gen­gi­bre e uva. Esse encon­tro não tra­bal­hou o aproveita­mento inte­gral dos ali­men­tos, seus obje­tivos foram ressaltar as pro­priedades e incen­ti­var o con­sumo da uva e do gen­gi­bre. A uva con­tém antiox­i­dantes e o seu con­sumo por pre­venir o envel­hec­i­mento das célu­las e fazer bem para o coração. O gen­gi­bre, uma raiz poderosa, aux­ilia no fun­ciona­mento do sis­tema digestório, cir­cu­latório e res­pi­ratório, além de estim­u­lar o metab­o­lismo do corpo, o que pode aju­dar no processo de emagrecimento.

O crepe de banana foi uma receita prática muito saborosa e nutri­tiva que pode ser uma opção de lanche econômico e difer­ente do pãoz­inho de todos os dias. Os alunos gostaram muito das receitas e dis­seram que iriam fazer em casa.

Alunos da EJA degu­s­tando as receitas deliciosas!!!

–Receitas de Chá de Gengibre

Ingre­di­entes:

1 xícara (chá) de açúcar

4 xícaras (chá) de água

1 xícara (chá) de gen­gi­bre fatiado

2 xícaras (chá) de suco de uva

Modo de preparo:

Coloque o açú­car para caramelizar e junte a água. Deixe fer­ver. Acres­cente o gen­gi­bre e ferva mais um pouco. Junte o suco de uva. Se preferir, diminua o gen­gi­bre e acres­cente o cravo.

Dica: Esses ali­men­tos pos­suem sub­stân­cias antioxidantes.

(ALIMENTE-SE BEM 300 receitas econômi­cas e nutri­ti­vas. SESI. 2006, p.35).

–Receita do Crepe de Banana                       

Ingre­di­entes:

Crepe de banana. Super aprovado!!!

3 unidades de banana nanica;

1 unidade de ovo;

½ xícara de chá leite;

1 col­her de sopa óleo;

9 col­heres de sopa de far­inha de trigo;

6 col­heres de sopa açú­car refinado;

1 col­her de sopa fer­mento em pó.

Modo de preparo:

Amasse as bananas e mis­ture todos os ingre­di­entes, fazendo uma massa con­sis­tente. Unte a frigideira com óleo e, com o auxílio de uma col­her, frite a massa em porções de for­mato arredondado, dourando dos dois lados. Sirva com açú­car polvilhado.

Dica: se dese­jar, acres­cente canela em pó.

 (ALIMENTE-SE BEM 100 receitas econômi­cas e nutri­ti­vas. SESI. 2007, p.24).

 

No encon­tro nove, dia 30/04, o obje­tivo prin­ci­pal da ofic­ina “Aproveitar para não des­perdiçar” foi tra­bal­har a com­postagem, uma forma de reaproveitar os resí­duos de ali­men­tos que nor­mal­mente são joga­dos no lixo. Ou seja, uma ini­cia­tiva para diminuir o des­perdí­cio que tam­bém pode con­tribui para um meio ambi­ente mais sus­ten­tável. Foi pro­je­tado o vídeo “Com­postagem Domés­tica“ pro­duzido pela Reci­cloteca (Cen­tro de infor­mações sobre reci­clagem e meio ambi­ente) que está disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=S1zMDHiGJuU. Esse vídeo ensina e per­mite visu­alizar como a com­postagem pode ser feita. Em seguida, para reforçar as infor­mações, foi entregue e expli­cada uma car­tilha sim­ples sobre com­postagem, cujo título é “Com­postagem: O que? Como? E por quê? Nada se perde, tudo se trans­forma…” , disponível em: http://bioraizesnoevm.blogspot.com.br/2008/04/compostagem-nada-se-perde-tudo-se.html.Os alunos tiveram bas­tante inter­esse nes­sas ativi­dades, dis­seram que a visu­al­iza­ção do vídeo facil­i­tou o entendi­mento do processo de com­postagem e que levar a car­tilha para casa era uma forma de não esque­cerem o que foi mostrado no vídeo.

Alunos mostrando as car­til­has sobre compostagem!

Ainda nesse encon­tro foi preparado um patê de aba­cate que pode ser con­sum­ido com sal­gad­in­hos de milho. O obje­tivo foi ensi­nar que o aba­cate, fruta de alto valor nutri­cional, pode ser uti­lizado tam­bém em preparações sal­gadas. Os par­tic­i­pantes asso­cia­ram essa receita com uma receita mex­i­cana con­hecida, a gua­camole, pelo fato de tam­bém uti­lizar o abacate.

–Receita de Patê de Aba­cate e Sal­gad­inho de Milho.

Ingre­di­entes

Massa:

Patê de aba­cate com sal­gad­inho de milho

1 xícara (chá) de far­inha de milho

1 xícara (chá) de bagaço de milho

¼ xícara (chá) de água

Sal a gosto

Patê:

2 xícaras (chá) de abacate

½ unidade de limão

1 dente de alho

2 col­heres (sopa) de salsa

Sal a gosto

Modo de preparo

Mis­ture a far­inha de milho, o bagaço de milho, a água e o sal. Sove até for­mar uma massa homogênea. Com auxílio de um filme plás­tico, abra a massa com um rolo, coloque em forma untada e enfar­in­hada e corte no tamanho dese­jado. Asse em forno médio preaque­cido, por aprox­i­mada­mente 25 min­u­tos. Para o patê, amasse a polpa do aba­cate com um garfo, coloque o suco de limão e mexa bem. Acres­cente o alho espremido, a salsa e o sal. Mis­ture bem.

Dica: O aba­cate é a fruta que con­tém mais proteínas.

(ALIMENTE-SE BEM 300 receitas econômi­cas e nutri­ti­vas. SESI. 2006, p.47).

 

Faz bem para a saúde? Engorda? Qual é o mel­hor tipo?

Dia 03/04, véspera de Pás­coa, momento em que as pes­soas se deli­ciam com os choco­lates, fui con­vi­dada para dar uma entre­vista para a Rádio Globo, expli­cando sobre os bene­fí­cios e male­fí­cios do con­sumo dessa paixão brasileira.

Segue abaixo o audio da entre­vista na íntegra:

Papo_Reto_Barbara Nutri­cionista bene­fí­cios do chocolate_03-04–2015

Gostaria de reit­erar que a dica do con­sumo do brigadeiro de man­dioca para os intol­er­antes à lac­tose, deve ser feita sub­sti­tuindo o leite em pó de vaca, pelo leite em pó de soja.

 

No dia 30/07/2014, eu e as nutri­cionistas Luísa e Juliana, pro­pri­etárias da can­tina Bem Nutrido, do Colé­gio Imac­u­lada, min­is­tramos uma palestras sobre Ali­men­tação Saudável com ori­en­tações e dicas para as famílias sobre um lanche ideal para as cri­anças e adolescentes.

As famílias tiveram a opor­tu­nidade de esclare­cerem dúvi­das e se instruírem mel­hor para garan­tir uma ali­men­tação mais equi­li­brada para os seus filhos.

No final ofer­e­ce­mos um café da manhã com­posto por pão de queijo de ricota, san­duíche nat­ural, esfirra e enro­lado de massa inte­gral, além de bolo de cenoura inte­gral com cober­tura de choco­late meio amargo e bis­coit­in­hos deli­ciosos, pro­du­tos que são ofer­e­ci­dos diari­a­mente como opção de lanche para os nos­sos alunos.

Segue abaixo um vídeo que todas as famílias dev­e­riam conhecer:

 

Con­fi­ram as fotos!!!

Nutri­cionista Bár­bara min­is­trando a palestra.

Nutri­cionista Luísa min­is­trando a palestra.

Mesa de café da manhã ofer­e­cida às famílias.

Bolinho de cenoura inte­gral e bis­coit­in­hos caseiros e saudáveis.

As famílias se deli­ciando com o café da manhã oferecido.

As famílias tomando o café da manhã saboroso e saudável.


 

No período das provas esco­lares e prin­ci­pal­mente na época do vestibu­lar, os alunos ficam muito anciosos. Alguns exageram na ali­men­tação con­sumindo muito fast food e gulo­seimas, enquanto out­ros se esque­cem de comer. Sen­ti­mos a neces­si­dade de ori­en­tar esses alunos sobre a importân­cia de se ali­men­tar bem, mel­ho­rando assim a con­scen­tração, raciocí­neo e o desem­penho escolar.

Con­fi­ram a car­tilha elab­o­rada para a ori­en­tação dos alunos:

Dicas Alimentares

 

Receita do crepe de banana

            Os ingre­di­entes uti­liza­dos na receita são:

            — Banana nan­ica 3 unidades

            — ovo 1 unidade;

            — ½ xícara de chá leite;

            — 1 col­her de sopa óleo;

            — 9 col­heres de sopa de far­inha de trigo;

            — 6 col­heres de sopa açú­car refinado;

            — 1 col­her de sopa fer­mento em pó.

             Modo de preparo:

Amasse as bananas e mis­ture todos os ingre­di­entes, fazendo uma massa con­sis­tente. Unte a frigideira com óleo e, com o auxílio de uma col­her, frite a massa em porções de for­mato arredondado, dourando dos  dois lados. Sirva com açú­car polvilhado.

Dica: se dese­jar, acres­cente canela em pó.

 

Aprenda a cor­ri­gir alguns erros comuns
que come­te­mos na cozinha.

Cor­ri­gir vel­hos hábitos é preciso!

1° erro:

Usar tábua de madeira para carnes.

Há acú­mulo de bac­térias na tábua de madeira, então o ideal é usar tábuas de vidro ou plástico.

 

2° erro:

Guardar pedaços de legumes ou de fru­tas na porta da geladeira.

O ideal é colo­car em vasil­has de plás­tico tam­padas para evi­tar a con­t­a­m­i­nação por bactérias.

 

3° erro:

Lavar as carnes debaixo da torneira.

Além de perder os nutri­entes, facilita a entrada de bac­térias.

 

4° erro:

Furar a lata de leite con­den­sado e utilizá-la várias vezes.

O leite con­den­sado guardado aberto na geladeira facilita a entrada de bac­térias, além de provo­car a cristal­iza­ção do doce.

 

5° erro:

Igno­rar as formigas.

As formi­gas são con­sid­er­adas até maiores agentes trans­mis­sores de bac­térias do que a própria barata.

Ali­mento com formiga só pode ter um des­tino: a lata de lixo.

 

6° erro:

Usar lix­eir­inha de pia.

A lix­eira com restos de comida é ótimo para o cresci­mento de bac­térias, e essas pas­sam para os ali­men­tos que estiverem em cima da pia, dev­ido a proximidade.

 

7° erro:

Guardar comida quente na geladeira com o recip­i­ente tampado.

Não há erro em guardar comida quente na geladeira.O único prob­lema é que vai aumen­tar um pouquinho o con­sumo de energia.

O ideal é colo­car as vasil­has destam­padas, pois quando tam­padas o ar frio vai bater na tampa, o alimento

vai demorar muito para res­friar e as bac­térias vão ado­rar!  Depois de duas horas você pode fechar em segu­rança.

 

8° erro:

Soprar comida quente e velin­has do bolo de aniversário.

A comida e o bolo ficam con­t­a­m­i­na­dos por bac­térias de saliva.

Então evite soprar e deixar o bolo fora da geladeira.

 

9° erro:

Colo­car ovo na porta da geladeira.

O bal­anço da porta e a pouca refrig­er­ação favore­cem a dete­ri­o­ração do pro­duto e o ovo vira uma est­ufa para a cri­ação das bactérias.

 

10º erro:

Usar pre­gadores de roupa para fechar saquin­hos de alimentos.

O ideal é vedar o saquinho dos ali­men­tos com “aram­inho” enca­pado (aquele usado para fechar a embal­agem do pão de forma) ou reti­rar o ali­mento do saquinho e colo­car em vasil­has com tampa.

 

DICAS PARA EVITAR OS 10 ERROS DA COZINHA (DOWNLOAD) (586)

 

Receita do Bolo Nutri­tivo de Abo­brinha 

 Ingredientes:

 

- 2 xícaras de chá de abo­brinha verde picada;

- 3 ovos;

- 2 xícaras de chá de açú­car refinado;

- 1 xícara de chá de óleo;

- 3 xícaras de chá de far­inha de trigo;

- 1 col­her de sopa de canela em pó;

- 1 col­her de sopa de essên­cia de baunilha;

- 2 col­heres de sopa de granulado;

- 2 col­heres de sopa de fer­mento em pó;

- ½ xícara de chá de açú­car para polvilhar

 

  Modo de preparo: 

  Bata no liq­uid­i­fi­cador a abo­brinha, os ovos, o açú­car e o óleo. Em uma tigela, coloque a far­inha de trigo, a canela, a bau­nilha e a uva-passa e o gran­u­lado e despeje a massa. Mexa bem e acres­cente o fer­mento. Coloque em assadeira untada e enfar­in­hada. Asse em forno médio preaque­cido até dourar. Desen­forme e polvilhe com açúcar.

 

Dica: Pode-se sub­sti­tuir o gran­u­lado por uva-passa, nozes ou castanha.

 

                        Bár­bara Júnia — Nutri­cionista           

 

Receita da cocada de entre­casca de melan­cia. 

  

 Ingredientes: 

- 500 gra­mas de entre­casca de melan­cia ral­ada (parte branca);

  –1 coco ralado,

  –150g de açú­car cristal,

  — ½ lata de leite condensado,

  - 20g de margarina.

  

  Modo de preparo:

 

Caramelizar o açú­car. Acres­cen­tar a entre­casca de melan­cia ral­ada e mexer em fogo brando. Acres­cen­tar o coco ral­ado e seguida o leite con­den­sado. Coz­in­har até soltar do fundo da pan­ela. Pas­sar toda a mar­ga­rina numa super­fí­cie lisa e colo­car o doce a colheradas.

© 2011 Coord. Informática Colégio Imaculada Conceição Suffusion theme by Sayontan Sinha